quarta-feira, 4 de outubro de 2017

REUNIÃO da OPOSIÇÃO


    1. Oposição Alternativa Sintepe, marcando reunião pra sábado 07 de outubro às 10:00' na sede da CONLUTAS Recife.
      Rua José de Alencar , 44 
      3ª andar Edf. Ambassador. Prédio onde funciona o bar e restaurante Mustang- Boa Vista.
      Em pauta: Eleições Sintepe, estruturação chapa de Oposição, questão financeira do grupo, outros.
      Encontro aberto aos interessados.
      Esperamos VOCÊ.

    Eleições Sintepe

    Pessoas, 
    A Oposição Alternativa, sempre tem concorrido às eleições Sintepe. Coisa por sinal, bastante árdua uma vez que a batalha é bastante desigual. Amanhã tem assembléia às 9h no Sintepe para aprovação do regimento eleitoral, será interessante e necessária a participação de vcs desejosos em estruturar uma direção comprometida com as causas que afligem nossa categoria.

    terça-feira, 8 de agosto de 2017

    SEM LEI



    Lei não se discute, se cumpre. Porém, esse dito não serve para Pernambuco, uma vez que, a Lei 11.738 do Piso Salarial dos Professores manda reajustar os salários dos docentes em janeiro de cada ano, e o governo Paulo Câmara, utilizando-se de manobras e pseudo-negociações com o SINTEPE, irá conceder o reajuste, somente em outubro, enquanto isso, alardeia o crescimento econômico do estado que segundo o próprio governo, superou a média nacional.
    Que vergonha!

    terça-feira, 25 de julho de 2017

    A ORDEM É FECHAR

    Richa(PR) chama de reestruturação. Alkimim (SP), de reorganização, e Paulo Câmara (PE) batiza de reordenamento. Porém, todas essas expressões significam a mesma coisa: Fechamento de turmas e escolas da rede. Em Camaragibe por exemplo, de 2015 à 2017, a  Sec.de Educação  do Estado  extinguiu quatro unidades de ensino (Escola N.S. do Perpétuo Socorro, N.S.das Dores, Santa Mônica e Esc. Alice de Barros), além disso, a escola Pio XII foi anexada ao prédio da Francisco de Paula. Lembrando que, essas unidades não possuíam prédios próprios, assim, o estado vai se livrando do aluguel e de outros investimentos com a educação.


    ação.

    quarta-feira, 17 de maio de 2017

    DESCAMINHOS

    2.037 pessoas assassinadas (janeiro a abril/2017)
    04 escolas extintas por Paulo Câmara em Camaragibe;
    02 presídios em construção, um Araçoiaba e outro, em Itaquitinga.
    Foto: Blog INFORME-PE

    quinta-feira, 20 de abril de 2017

    ASSEMBLEIA DO DIA 19 DE ABRIL

    Por 
    Mariano Macêdo

    Informes da Assembleia do SINTEPE realizada em 19 de abril de 2017:
    Nesta Assembleia foi dado o informe sobre o resultado da reunião de “negociação” ocorrida no dia 10 de abril de 2017 na Sec. de Educação, mas que não houve avanços sobre as reivindicações.
    As discussões giraram em torno da luta contra a Reforma Trabalhista, contra a Reforma da Previdência e as terceirizações. No sentido de que o congresso repleto de corruptos e o governo não têm moral para realizar votações e retirar os direitos dos trabalhadores.
    Definiu-se um calendário de mobilizações Contra as Reformas, contra o descaso do governo Paulo Câmara com a Educação e contra o governo Temer.
    Dia 25/04 Panfletagem das Centrais pela GREVE GERAL;
    Dia 26/04 Audiência Pública na ALEPE sobre o PISO como DIREITO;
    Dia 27/04 Debate sobre as OS (Organizações Sociais) por causa da situação do SASSEPE, pois o HAP VIDA quer abocanhar este plano;
    Dia 28/04 GREVE GERAL contra as reformas da previdência, trabalhista e contra as terceirizações. Fora Temer, Fora Todos os corruptos e reacionários do Congresso;
    Dia 01/05 Manifestações do dia do Trabalhador Contra as Reformas, Fora Temer, Fora Todos;
    Dia 04/05 Ato em frente à Secretaria de Administração, no Pina as 9h00;
    Dias 09 e 10/05 Participação no Seminário Paulo Freire na UFPE;
    Dias 11 e 12/05 Conselho Nacional de Entidades da CNTE em Brasília;

    Dia 16/05 Assembleia do SINTEPE

    segunda-feira, 6 de março de 2017

    ASSEMBLEIA SINTEPE dia 22 de fev.

    Encaminhamentos da assembleia do dia 22/02:
    Participação na greve geral nacional da educação, no dia 15/03
    Contra a Reforma da Previdência !
    Calendário:
    - Dia 08/03 às 9h no Teatro da Boa Vista, Debate sobre Reforma da Previdência
    - Dia 08/03 às 15h Ato de Luta contra a Opressão à mulher, Parque 13 de maio
    - Dia 15/03 Assembleia conjunta com demais sindicatos da educação em greve, às 9h (local a definir no dia 03/03 em reunião com os representantes dos sindicatos)
    - Dia 17/03 Inauguração da Colonia de Férias dos aposentados de Temer. Crítica a reforma previdência.
    - 20/03 Assembleia do SINTEPE, 14h no Teatro da Boa Vista.
    Discutimos a pauta de reivindicação, fazendo alterações e acréscimos, esta será entregue ao governo ainda está semana. Na próxima atividade todos irão receber cópia da pauta.


    Vamos à luta!! Fora Temer!!


    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

    ESCOLAS X VIOLÊNCIA

    O mês de janeiro fecha com um saldo triste e  assustador. De acordo com a Secretaria de Defesa Social -PE, registrou-se no estado, 148 estupros e 479 homicídios. Enquanto isso, Paulo Câmara (PSB_PE) , continua fechando as escolas da rede, em Camaragibe, por exemplo já são quatro unidades extintas. Ao mesmo tempo, o governo dá o ponta-pé inicial para a construção de um presídio em Araçoaiba-PE. 
    Já dizia Victor Hugo: "Quem fecha escolas, abre presídios".

    sábado, 17 de setembro de 2016

    CONTRADIÇÃO


    Pernambuco, lidera o ranking da educação no país.
    Situação no mínimo, contrastante, uma vez que, turmas, turnos e escolas estão sendo fechados, unidades funcionando de formas precárias, professores com salários defasados e com Piso Salarial, negado. Além disso, segundo pesquisas recentes,( Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais /Inep e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior /Capes) mostram que, onde há melhorias na educação, ocorre redução da violência, o que não é verdadeiro para um estado que apresenta uma mapa da violência com números alarmantes.
    Foto: Escola Santa Sofia/Camaragibe-PE

    quinta-feira, 28 de julho de 2016

    REMARCANDO


    Devido a participação da Oposição Alternativa Sintepe no ato que acontecerá sábado em Caruaru contra a "Lei da Mordaça" (Escola sem Partido), nossa reunião do dia 30, será remarcada para dia 06 de agosto às 10:30' na sede da CONLUTAS (Recife).

    sexta-feira, 6 de maio de 2016

    SEM PISO


    Até o momento nenhuma definição sobre o reajuste do Piso, nem sobre outros itens que compõem a pauta de negociação entregue desde janeiro pelo sindicato da categoria ao governo do estado.
    Dia 10 de maio, outra reunião estará acontecendo entre secretaria de educação e SINTEPE, uma vez que não houve avanço algum na reunião marcada para dia 20 de abril.
    Mas, pelo andar da carruagem, dá pra prever o que vem para a categoria, não diferente do que ocorreu ano passado, a ''crise'' servirá de pretexto mais um vez,para que o governo Paulo Câmara (PSB) negue o reajuste de 11,36% como determina a Lei 11.738 (Lei do Piso do Magistério).

    terça-feira, 29 de março de 2016

    ASSEMBLEIA SINTEPE

    ASSEMBLEIA SINTEPE (29/03/2016)
    Entregue pela comissão do SINTEPE ao Sr. Marcelo Canuto, (representante do governo), desde o dia 17 de março desse ano, a Pauta de Reivindicação dos Trabalhadores em Educação permanece sem resposta. De acordo com a direção do sindicato, o governo tem até o dia 20 de abril para pronunciar-se. Enquanto isso a categoria permanece sem definição alguma sobre o reajuste do Piso Salarial, que por lei deveria ser pago em janeiro do ano corrente. E como se não bastasse todo esse descaso, os trabalhadores ainda convivem com tantos outros abusos cometidos pelo governo Paulo Câmara(PSB_PE) entre eles, o fechamento arbitrário de turmas, turnos e escolas da rede e a falta de materiais nas unidades de ensino, que vão desde o papel ofício ao papel higiênico.




    Calendário de atividades aprovado na Assembleia:
    04/04- Reunião, direção e representantes setoriais Sintepe-Sistematizar visitas nas escolas.
    05/04- Debate sobre a conjuntura nacional e estadual. 14h auditório do SINTEPE- Profº Michel Zaidan.
    Dia13 paralisação com atividade de mobilização (ação e local a ser definido).

    quarta-feira, 23 de março de 2016

    MAIS FECHAMENTO

    Além das três escolas fechadas em Camaragibe (Alice de Barros, Perpétuo Socorro e N.S. das Dores) em 1 ano de governo Paulo Câmara, está na lista de fechamento, a Escola Santa Apolônia/Tabatinga.Precisamos reagir, não podemos aceitar o fechamento de mais escolas.
    Foto: internet

    sexta-feira, 11 de março de 2016

    ATO PÚBLICO

    ATENÇÃO!

    ATO UNIFICADO (REDE MUNICIPAL E ESTADUAL/PE)
    DIA 16 de março às 9 horas
    Rua Eliza Cabral/ Centro-Camaragibe-PE.
    PELO REAJUSTE DE 11,36% (PISO SALARIAL) ;
    CONTRA O FECHAMENTO DE TURMAS E ESCOLAS DA REDE;
    POR CONDIÇÕES ADEQUADAS DE TRABALHO entre outras coisas

    segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

    CENÁRIO DE GUERRA

    A pandemia ( dengue, zika,chicungunya) que tem atingido o Brasil e, em especial o estado de Pernambuco (com maior número de casos confirmados), serve para atestar o total despreparo dos organismos públicos ao lidar com a questão da saúde. 
    Hospitais, postos e centros de atendimento médico, superlotados, pessoas doentes, infectadas, amontoadas uma sobre as outras, arriadas em cadeiras, em bancos de cimento e até mesmo, sentadas ou deitadas no chão. Médicos,enfermeiros e assistentes, sem dar conta do serviço,uma vez que são um quantitativo bem menor do que, o exigido pela crescente demanda de pacientes. Esse é o quadro o qual nos deparamos ao procurar os serviços de saúde pública. Um cenário de guerra assustador.

    sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

    domingo, 24 de janeiro de 2016

    MAIS ESCOLAS FECHADAS

    Já são 3 escolas fechadas, apenas em Camaragibe em 1 ano de gestão do governo Paulo Câmara. Escola Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Escola Nossa Senhora da Dores e a Escola Alice de Barros, e os destroços desse irresponsável processo já   são bem visíveis. Pais preocupados sem saber onde matricular seus filhos, alunos jogados para comunidades distantes de suas casas, salas de aulas superlotadas,professores buscando escolas pra se localizar , ainda no período de férias, são alguns dos problemas que podemos citar.
    E o SINTEPE, falando em "'escolas sob ameças de fechamento".

    (Vejam nos jornais a coluna do SINTEPE desse domingo)



    sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

    PAULO CÂMARA (PSB-PE) FECHA ESCOLA E CONSTRÓI PENITENCIÁRIA

    Escola Nossa Senhora do Perpétuo Socorro/Camaragibe, fechada pelo governador Paulo Câmara.Enquanto isso , está processo de construção, um presídio em Araçoiaba/Aldeia.Um absurdo. Fecha escola e constrói-se penitenciária.

    quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

    VIOLÊNCIA CRESCENTE


    O número de homicídios contra as mulheres continua alarmante. Entre 1º de janeiro a 26 de agosto de 2015, 168 mulheres foram assassinadas no estado de Pernambuco, no mesmo período do ano passado, foram registrados 159 casos. Recife, segundo o Mapa da Violência 2014, figura entre as capitais mais violentas do país.
    As tímidas políticas públicas de gênero desenvolvidas , e  mesmo a Lei Maria da Penha, não têm conseguido reduzir as agressões e homicídios contra as mulheres. E o governador Paulo Câmara (PSB-PE) apropria-se da mídia para propagandear o sucesso do Pacto Pela Vida e da redução da violência em Pernambuco.

    quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

    SÓ VAI QUEM MERECE

    REFERINDO-SE AOS ALUNOS QUE FORAM PARA OS ESTADOS UNIDOS PELO PROGRAMA GANHE O MUNDO, PAULO CÂMARA EVIDENCIA O PRINCÍPIO DA MERITOCRACIA.
    "Eles estão indo para o exterior por mérito próprio, porque estudaram, se dedicaram e acreditaram que é possível realizar um sonho". (Paulo Câmara, governador de Pernambuco).
    Assim,os que não foram é porque não se dedicaram ,não se esforçaram o suficiente, uma vez que as oportunidades vêm igualmente para todos. Será mesmo? Vale frisar que a disponibilidade de vagas prioriza as Escolas Técnicas e as de "Referências", que são as escolas que interessam ao governo. As outras (Ensino Fundamental) estão sendo fechadas ou jogadas para as mãos das prefeituras.

    domingo, 27 de dezembro de 2015

    UMA FLOR NASCEU NA RUA!

    Por Fátima Oliveira

    Vivemos uma grande contradição pedagógica e um grande retrocesso na Escola Pública Estadual de Pernambuco. O ano letivo em 2015 foi um dos piores dos últimos anos e 2016 não vai ser melhor. Toda a classe trabalhadora deste país segue pagando a conta de uma “crise” criada pelas elites corruptas que estão no poder. E as consequências em todas as áreas sociais são devastadoras. 
    Na escola pública do nosso estado, o corte de verbas no orçamento, o ajuste fiscal e a falta de um projeto político-pedagógico sério, nos deixou sem alternativa, a não ser, entrar em GREVE por quase 30 dias, no 1º semestre deste ano. Além do descumprimento da LEI do PISO SALARIAL, as péssimas condições de trabalho, e contra a política de reordenamento da rede que fecha turmas, escolas e transforma escolas regulares em integrais sem as mínimas condições de funcionamento.
    Durante a greve, além de não querer nos receber para negociar e cortar os nossos salários, o governo nos oprime com xingamentos, ofensas e violência física. Parecia que estávamos em plena Ditadura Militar! Ao retornarmos às nossas salas de aulas, com o final da greve, indignadas (os) e sem as mínimas reivindicações atendidas, nos deparamos com os velhos problemas ainda mais agravados: as escolas sem verbas para consertar ventiladores, portas, bancas, capinar o mato, comprar material de limpeza, sem material didático básico: piloto, papel, entre outros, sem internet (problema antigo), sendo obrigadas a entrar em salas de aula sem energia e permanecer com estudantes nas escolas sem água e sem merenda. Na escola onde trabalhamos, só pintaram, limparam, capinaram o mato e arrastaram as cadeiras e bancas destruídas, quando o governador, o prefeito e suas equipes apareceram por lá.
    E como se já não bastassem tantos absurdos, depois de seis anos sem concurso público, o governo publica um edital que abre espaço selecionando engenheiros, contadores, administradores entre profissionais de outras áreas de atuação, que não cursaram as disciplinas pedagógicas das diversas licenciaturas para entrar em sala de aula e assumir a carreira docente.
    Trabalho na Escola Estadual Pintor Lauro Villares, nos Torrões, que tem sido ameaçada de fechar turmas do Ensino Médio e ser municipalizada há uns cinco anos. Mas que tem mobilizado a comunidade escolar junto com o SINTEPE e conquistado vitórias!
    Não faz muito tempo, que nossos (as) estudantes, concluintes do ensino fundamental, ao serem questionados (as) sobre as diversas seleções das escolas profissionalizantes do estado: ETEs (Escolas Técnicas Estaduais), SENAI (Serviço Nacional da Indústria), IFPE (Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Pernambuco), não as conheciam e muito menos se sentiam capazes de concorrer.
    Hoje, UMA FLOR NASCE NO ASFALTO! Em meio à barbárie do abandono em que se encontram as escolas de nosso estado nos surpreendemos ao receber a NOTÍCIA que DOIS ESTUDANTES: uma aluna e um aluno do 9º A da manhã, FORAM APROVADOS(A) com boa colocação nas provas do IFPE. Deixando-me cheia de orgulho e satisfação e me sentindo obrigada a fazer esta reflexão.
    Imaginem se fôssemos uma categoria valorizada e que não precisássemos nos matar de trabalhar para sobreviver? Trabalhássemos em escolas menos caóticas, com menos autoritarismo e assédio moral nas relações de trabalho cotidianas? Se tivéssemos estudantes com famílias mais estruturadas e menos vulneráveis ao extermínio, à prostituição e ao tráfico de drogas por não encontrarem outras oportunidades e opções de vida? Quantos (as) estudantes não se sentiriam FORTALECIDOS (AS) e capazes de fazerem estas seleções e prosseguirem seus estudos? Direitos historicamente negados à grande parcela de jovens filhos (as) da classe trabalhadora!!!
    Por estes e tantos outros motivos não citados neste MANIFESTO, sigo firme na luta pela construção de uma ESCOLA PÚBLICA, GRATUITA, LAICA e de QUALIDADE!
    Professora Fátima Oliveira – Oposição Alternativa CSP CONLUTAS

    terça-feira, 8 de dezembro de 2015

    DENGUE, ZIKA, CHICUNGUNYA E O MAPA DA POBREZA

    Populações pobres, esquecidas pelo poder público, onde a infra-estrutura urbana é deficitária, onde a rede de esgoto e a coleta de lixo são ineficientes, onde as comunidades acostumam-se a viver sem água na torneira e, são obrigadas a armazenar o líquido muitas vezes de forma inadequada, onde muitos sobrevivem reaproveitando materiais sucateados entre outras coisas, são nesses ambientes que o mosquito da dengue prolifera-se mais intensamente. Em Pernambuco,ano passado, houve um acréscimo de 33% dos casos de dengue em relação a 2013, porém,os olhares estavam voltados para as onerosas obras da Copa 2014, assim ,o vírus da dengue e outros, ganharam terreno, e o resultado dessa desatenção e descaso aparecem agora com os casos de microcefalia. E Pernambuco é o estado como o maior número de registros da doença. Porém, é a população pobre que é cobrada e responsabilizada pelo caos ora enfrentado na saúde. Esquecem de cobrar dos gestores públicos a responsabilidade pela epidemia que tem se alastrado e provocado dores, desgosto e desespero principalmente entre às recentes e futuras mães pernambucanas. Inaceitável!

    sexta-feira, 6 de novembro de 2015

    SÓ ATAQUES


    Como se não bastasse perseguir e punir os professores grevistas, jogar o salário do trabalhador para o mês subsequente, rebaixar o reajuste do PisO do Magistério de 13,01% para 0,89%, terceirizar e deixar faltar serviços essenciais como limpeza e preparação da merenda nas escolas, sucatear o Sistema de Saúde do Servidor, manter um número excessivo de contratos temporários em vez de professores concursados, fechar turmas e escolas da rede entre outras coisas, o governador Paulo Câmara acha por bem negar a licença-prêmio ao professor. Mesmo estando de posse da concessão do benefício,ao encaminhá-lo para a Secretaria de Educação,o servidor recebe um NÃO. Sem outras explicações, os funcionários da SEDUC e GREs limitam-se a dizer apenas que, é ''ordem do governador" não liberar o gozo da licença. Inclusive, nas escolas da rede, as direções estão sendo orientadas a não assinar o pedido.
    Quais outros ataques ainda estão por vir para os servidores da educação?

    segunda-feira, 19 de outubro de 2015

    A OPOSIÇÃO ALTERNATIVA SINTEPE,
    REÚNE-SE SÁBADO (24 de outubro ) às 10 horas na sede da CONLUTAS/Recife.
    Edifício Ambassador 3º andar sala 33 . 
    Prédio onde fica o bar e restaurante Mustang(Av. Conde Boa Vista)

    quarta-feira, 14 de outubro de 2015

    DIA 15 DE OUTUBRO, VAMOS COMEMORAR


    1. PISO SALARIAL NEGADO;
    2. FIM DA GRATIFICAÇÃO DO MAGISTÉRIO EM NOME DO PISO;
    3. NÃO REALIZAÇÃO DE CONCURSO, NEM CONVOCAÇÃO DOS PROFESSORES APROVADOS NO ÚLTIMO;
    4. MANUTENÇÃO DO NÚMERO EXCESSIVO DE CONTRATOS TEMPORÁRIOS;
    5. FECHAMENTO DE TURMAS E ESCOLAS;
    6. INTENSIFICAÇÃO DO PROCESSO DE MUNICIPALIZAÇÃO;
    7. SUCATEAMENTO DO SASSEPE;
    8. CONGELAMENTO DA GRATIFICAÇÃO DO DIFÍCIL ACESSO DESDE 2010;
    9. CONGELAMENTO DESDE 2010 DO VALE-REFEIÇÃO (R$ 7,50 DIA) PARA PROFESSORES COM 150 H/AULA;
    10.PERSEGUIÇÃO E RETALIAÇÃO AOS PROFESSORES GREVISTAS;
    11.TERCEIRIZAÇÃO DOS SERVIÇOS NAS ESCOLAS DA REDE(
    MERENDEIRA, PORTEIRO, LIMPEZA ETC.);
    12.POLÍTICA DE PREMIAÇÃO (Bônus) EM VEZ DA VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL;
    13.DEDICAÇÃO EXCLUSIVA COM BAIXA GRATIFICAÇÃO E NEGAÇÃO DE DIREITOS;
    14.CRIAÇÃO DE ESPAÇOS EXCLUDENTES ATRAVÉS DAS ESCOLAS DE “REFERÊNCIA”;
    15. SALÁRIO PAGO NO MÊS SUBSEQUENTE. DESRESPEITO À TABELA DE PAGAMENTO.

    terça-feira, 22 de setembro de 2015

    SALTO PRA TRÁS

                                                                                        
    Um dia tem merenda e não tem merendeira.
    No outro, tem merendeira mas, falta a merenda.
    Há dias em que,não tem merenda, nem merendeira.
    Tem sido assim a rotina nas escolas estaduais em Pernambuco e,
    em todas as situações, os alunos acabam perdendo aulas e, indo pra casa mais cedo. É o governador Paulo Câmara (PSB),negligenciando à educação, sonegando ao aluno a garantia dos duzentos dias letivos e o mínimo de 800 horas/aulas, como manda a LDB. E para os que afirmam que, Pernambuco deu um salto em educação, esqueceram de dizer se,esse salto foi para frente ou para trás.

    terça-feira, 8 de setembro de 2015

    DÍVIDA

    Mais de 50 milhões é a dívida estimada do governo do estado com o SASSEPE. Um absurdo, contribuímos com mais de 70 % dos custos do plano,enquanto o governo participa com menos de 30%. A alíquota de contribuição do servidor e dependentes sofreram reajustes, mas, nenhuma melhoria no atendimento foi observada. As dificuldades para se marcar consultas, permanecem. O Hospital do Servidor (HSE) está sucateado, nem todos os leitos da UTI estão em funcionamento, isto porque , há escassez de mão de obra. Enfermeiros, atendentes e outros profissionais da saúde ao se aposentarem ou afastarem-se do serviço por outros motivos, são substituídos por profissionais terceirizados e, em número inferior ao que a demanda exige. 
    O governo Paulo Câmara, assim como seus antecessores, aposta na destruição do sistema de saúde do servidor, usa isso como arma para justificar a terceirização e privatização da saúde no estado. 
    É a lógica da quebradeira, quanto pior,melhor.

    sábado, 5 de setembro de 2015

    quinta-feira, 3 de setembro de 2015

    GOVERNO SEM PALAVRA

    Fala de Paulo Câmara, após ser eleito em 2014:
    O governador eleito Paulo Câmara (PSB) disse ontem à Rádio CBN que as finanças de Pernambuco estão equilibradas e que as obras não concluídas pelo governador João Lyra Neto serão terminadas em sua gestão...“Tenho plena convicção de que a situação financeira do Estado está equilibrada e que iremos continuar atingindo nossas metas”, disse o governador eleito.
    Porém, em janeiro de 2015, negou o reajuste de 13.01% , como manda a Lei do Piso 11.738/08, aos professores da rede estadual de ensino, quando em campanha prometeu dobrar o salário dos docentes.
    E como se não bastasse a onda de desmantelo que vem causando no estado em apenas 9 meses de gestão, o governo já sinalizou que, NÃO CONCEDERÁ REAJUSTE AOS SERVIDORES em 2016.

    domingo, 30 de agosto de 2015

    BANDIDAGEM

    A bandidagem rola solta nessa terra de ninguém que é Pernambuco.
    Os créditos que são roubados do cartão VEM, rendeu mais de 104 milhões aos cofres públicos. Esse é sem dúvida o motivo pelo qual o governo do Estado nega o vale transporte em pecúnia para o trabalhador. 
    Cria-se uma lei vergonhosa, lesa-se o cidadão e este, coitado, sequer tem a quem recorrer. E tem mais, a recarga do cartão só é feita com vários dias de atraso. Inaceitável mais esse ataque aos trabalhadores, o Fórum dos Servidores que mensalmente reúne-se com o governo precisa intervir e exigir um BASTA nessa situação.

    quinta-feira, 27 de agosto de 2015

    GASTANÇAS

    Alegando não haver recursos para pagar os 13,01% como manda a lei federal 11.738/08 (Lei do Piso do Professor) o governador Paulo Câmara (PSB_PE) rebaixou o reajuste do salário dos professores para 0,89%.
    Desabastecidas, as farmácias da rede deixam de fornecer medicamentos aos usuários, e estes, peregrinam em longas filas diariamente na tentativa de serem atendidos. Nos hospitais, assim como nas escolas da rede, faltam materiais para limpeza e até papel higiênico. Enquanto isso, o governo fez licitação de máquinas de café por 2,95 milhões, 1,07 milhões de reais para um buffet , além de gastar R$ 34,7 mil com fornecimento de gelo, para abastecer o gabinete seu gabinete.
    Como sempre, é o trabalhador que paga pela crise, para que os “engravatados” continuem imunizados.

    quarta-feira, 19 de agosto de 2015

    REUNIÃO DA OPOSIÇÃO

    A OPOSIÇÃO ALTERNATIVA SINTEPE,
    REÚNE-SE  SÁBADO (22 de agosto) às  10 horas na sede da CONLUTAS/Recife.
    Edifício Ambassador 3º andar sala 33 . 
    Prédio onde fica o bar e restaurante Mustang(Av. Conde Boa Vista)

    sábado, 15 de agosto de 2015

    GOVERNO REDUZ QUADRO DE PROFESSORES E ACESSO DOS ALUNO

    Em 2009, Pernambuco contava com 1.105 escolas e um total de aproximadamente 1 milhão de alunos. Atualmente são 1.047 unidades e menos de 600 mil alunos. Escolas fechadas, outras jogadas num irresponsável processo de municipalização.  Havia 45 mil professores enquanto hoje não passa de 27 mil. A criação das Escolas de ‘’Referências’’ implicou no fechamento de turnos e expulsão de alunos do Ensino Fundamental, Regular e de E.J.A.  Escassez  de vagas para estudar obriga  alunos a procurar a rede privada e quem não pode pagar abandona a escola. A propaganda enganosa do governo não consegue esconder a precariedade das escolas: problemas na rede elétrica e de esgotos, infiltrações, alagamentos, excesso de alunos por sala, faltam  quadras para educação física e material de apoio ao trabalho docente. Mas o governo cobra dos Educadores como se a Educação dependesse apenas destes.   Como na Educação, os hospitais públicos estão abandonados e a violência continua atingindo o povo.

    quinta-feira, 13 de agosto de 2015

    LEGADO DE EDUARDO CAMPOS PARA OS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO


    •          Intensificação da política de municipalização. Fechamento de turmas e escolas,   transferência do Ensino Fundamental para as mãos das prefeituras.
    •          Proliferação das escolas de Referência-   espaços de exclusão e de exploração do trabalho docente.
    •          Reajuste ZERO em 2009.
    •          Criação do BDE- estímulo à meritocracia/ classificação das escolas de  ZERO ou CEM POR CENTO/ discriminação entre escolas e entre profissionais da educação.
    •          Desconto dos dias parados e impedimento de reposição das aulas pelos  docentes grevistas em 2009, provocando um rombo no bolso do trabalhador.
    •          Desconto das paralisações dos dias 14, 15 e 16 de março de 2012.
    •          Em 2010, criou projeto de Lei que destruiu o PCC dos professores, além de anexar a gratificação do Magistério para compor o valor do Piso. Algo proibido pela Lei 11.738/2008.
    •          Tabelou valores fixos para o pagamento do difícil acesso, e não mais os 40% sobre os salário- base como manda o Estatuto do Magistério em seu Artigo 31 do Cap. VI. Valores que estão congelados desde  2010.
    •          Processo seletivo para eleger as direções das escolas da rede e formação de banco de reserva.
    •          Não convocação dos aprovados no último concurso e manutenção excessiva de professores com contratos temporários na rede.
    •          Congelamento do vale-refeição em 154 reais desde 2010.
    •          Sucateamento do SASSEPE.
    •          Desconto do SASSEPE  nas duas matrículas para quem tem 2 vínculos na rede.

           Por essas e outras ações, foi o ex-governador considerado INIMIGO DA EDUCAÇÃO.   Infelizmente tem genteque passou uma borracha sobre tudo isso, e  hoje quando se completa 1 ano do falecimento do mesmo, compactua com as homenagens rendidas  a esse senhor.

    PARTIU

    Nessa sexta-feira passada, dia 7 de agosto, a Escola Santa Sofia/Camaragibe, perdeu Enycelli Trindade. Enycelli, fazia parte do quadro administrativo e ultimamente vinha num numa luta incansável contra um câncer que , infelizmente a vitimou.





    TRISTE

    Pessoas,
    O rapaz José Renato, assassinado domingo no restaurante Galletus (Caxangá) era irmão do nosso companheiro e colaborador no blog, José Ricardo Souza. Mais uma vítima da violência alarmante que assola o estado de PE.
    Aos que ficam,sobra dor, angústia, revolta e a sensação de impotência. Resta-nos o grito e a luta para que se desenvolvam políticas públicas que possam de fato, reduzir   todas as formas de violência.  Chega de estatísticas maquiadas, chega da tantos assassinatos, chega de tanta insegurança, chega de  tanta impunidade.
    À José Ricardo e família nossa solidariedade. 

     Oposição Alternativa Sintepe

    quarta-feira, 12 de agosto de 2015

    NADA A COMEMORAR


    Nem tudo foi festa e comemoração no  Dia do Estudante.   Pelo menos para um grupo de alunos da rede estadual da Escola Santa Sofia/Camaragibe que, munidos de cartazes denunciaram pelas redes sociais as péssimas condições em que se encontra a escola em que estudam.  Entre outras  denúncias , nos cartazes era possível  ler:  “Minha escola não é de Referência”, “Minha escola não aparece na propaganda de Paulo Câmara”, “Na minha escola falta até papel higiênico”, ‘Dia do estudante, nada a comemorar”.  
    Só lembrando, a Escola Santa Sofia não é uma exceção.